Elvas: Coliseu recebeu segunda corrida de touros do São Mateus

corrida_27_SetembroO coliseu, em Elvas, foi palco, na noite deste sábado, 27 de setembro, para a segunda corrida de touros, inserida na Feira de São Mateus e nas Festas do Senhor Jesus da Piedade.

Em praça, com uma assistência muito abaixo das expectativas, estiveram Rui Salvador, Tito Semedo, Ana Batista, Pedro Salvador, Duarte Pinto e Rui Guerra. Também o novilheiro João Augusto Moura integrou o cartel desta corrida mista. Pegaram os Forcados Amadores de Cascais, Monforte e Académicos de Elvas.

José Luís Zambujeira mostrou-se “satisfeito” com a organização das duas corridas destas festas de São Mateus. Já os cabos dos três grupos de forcados, ainda antes das respectivas pegas, revelaram intenção de levar o troféu da melhor pega para casa. Quem levou a melhor foram os Forcados Académicos de Elvas, com a pega de Luís Machado.

Rui Salvador, que comemora 30 anos de alternativa, diz ter “pouca sorte” com os touros que tem enfrentado sempre que vem tourear a Elvas. Já Tito Semedo mostrou-se “muito satisfeito” com a sua atuação. Ana Batista demonstrou-se igualmente satisfeita com a sua lide, embora reconheça que o touro lhe complicou a vida na arena.

O novilheiro João Augusto Moura lamentou o facto de o piso “não estar nas melhores condições” para a sua lide a pé. Por seu lado, Pedro Salvador diz ser “uma honra” tourear em Elvas.

Duarte Pinto garante que tourear em Elvas representa uma “grande responsabilidade”, tendo se mostrado muito feliz com a sua atuação. O cavaleiro praticante Rui Guerra assegura que o touro que lhe calhou “tinha pouca força”, mas que “a lide correu bem”.

Durante o intervalo da corrida foi descerrada uma placa à entrada do Coliseu de Elvas, de forma a assinalar os 30 anos de alternativa do cavaleiro Rui Salvador. Várias lides e pegas foram dedicadas, ao longo da noite, a Marcos Tenório.