Mocinha e Rondão em diálogo

mocinha_e_rondaoNuno Mocinha e Rondão Almeida encontram-se em conversações, para solucionar a crise política que se instalou na Câmara Municipal de Elvas, nos últimos dias.

Depois de ter vindo a público, na passada terça-feira, que o presidente da câmara eleito pelo Partido Socialista tinha retirado os pelouros à vice-presidente Elsa Grilo e ao vereador Rondão Almeida, também eleitos pelo PS, Nuno Mocinha  e Rondão Almeida falaram, ao final da manhã de ontem, à comunicação social.

Acusações de ambos foi “erro de interpretação”

A “falta de diálogo” e um “erro de interpretação”, dizem ambos, foi o que levou a esta divergência entre as partes.  Rondão Almeida lembrou, durante a intervenção, que “o presidente da câmara é Nuno Mocinha”. Já Nuno Mocinha lembrou que está firme na sua posição.

Nuno Mocinha alegou ainda que alguns pontos de vista têm de ser analisados, nomeadamente a possibilidade de devolução dos pelouros aos vereadores Rondão e Elsa Grilo. Já Rondão Almeida diz-se confiante que “tudo volte a ser como dantes”.

Conclusão das conversações divulgada hoje

A conclusão destas conversações deve ser divulgada hoje. Antes disso, as partes vão também dialogar com outros autarcas e eleitos da assembleia municipal.