Homicida de José Maria Cortes condenado a 14 anos de prisão

Jose_Maria_CortesO homicida do forcado José Maria Cortes foi, esta terça-feira, condenado no Tribunal de Alcácer do Sal a 14 anos de prisão efectiva. Esta era a pena pedida pelo Ministério Público para Sandro Pato de 20 anos.

Recorde-se que o caso ocorreu na madrugada de 23 de junho de 2013, na sequência de uma desordem que envolveu mais de 60 pessoas na PIMEL, em Alcácer do Sal. O cabo dos forcados de Montemor, de 29 anos, foi atingido com uma arma branca junto ao coração e acabou por falecer no dia 27 de Junho no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.