Páscoa: No Alentejo Borrego é degustado no Campo

ajuda20No Alentejo, a tradição de Páscoa está muito ligada à natureza, na qual, de uma maneira geral, os alentejanos vão para o campo desfrutar da beleza primaveril que nos inunda de cores e cheiros, abrindo o apetite para a gastronomia tradicional neste dia: o borrego e o folar.

Na cidade de Elvas a tradição de ir comer o borrego para o campo é também cumprida, sendo que neste caso, os elvenses rumam para a Ajuda, nas margens do Rio Guadiana, onde comem o borrego assado.

A vila de Campo Maior fica praticamente deserta porque a maioria da população, incluindo famílias inteiras, se mudam literalmente para as margens do rio Xévora, junto do Santuário de Nossa Senhora da Enxara, a poucos quilómetros da aldeia de Ouguela e de Alburquerque.

A previsão de chuva forte e trovoada para esta tarde de domingo de Páscoa não deverá ser motivo para a desmobilização dos romeiros.