Campo Maior: Viagem ao Mundo do Café

CCV1O Centro de Ciência do Café (CCC) foi dado a conhecer hoje aos jornalistas. Trata-se de um espaço único, inovador e moderno em toda a Europa. O Centro está localizado na Herdade das Argamassas, na vila de Campo Maior, e foi concretizado pela empresa Delta Cafés.

“A Alma do nosso Trabalho está neste Centro”

O Comendador Rui Nabeiro, administrador do Delta Cafés, disse que o Centro de Ciência do Café reflete “a alma, empenho e dedicação” desenvolvida em torno do Café ao longo de todo o seu percurso.

Cavaco Silva Inaugura Centro de Ciência do Café

O espaço abre oficialmente as portas esta sexta-feira, dia de aniversário do Comendador, com as presenças confirmadas do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, do ministro da Educação, Nuno Crato, entre outras individualidades convidadas.

Visitantes fazem viagem interativa ao mundo do Café

CCV2O objetivo do Centro passa por proporcionar aos visitantes uma viagem interativa ao mundo do café. Nesta visita será possível saber e ver como nasce e cresce o grão de café, através da recriação de uma estufa; descobrir a origem da palavra café e que estímulos nos oferecem; a história do café (Oriente, Europa, América e Portugal); a transformação do café – da terra à casa do consumidor; o consumo do café e as diferentes formas de o consumir em todo o mundo.

Um das propostas mais surpreendente para o público é a possibilidade de entrar num simulador que nada mais é que um grão de café e, uma vez no seu interior, acompanhar todo o seu processo de transformação.

O Centro integra ainda um auditório com 125 lugares e um espaço para promoção de exposições temporárias.

O Centro vai estar aberto ao público de terça-feira a sábado, das 10 às 17 horas, entre o dia 1 de outubro e 14 de fevereiro (horário de inverno), e das 10 às 18 horas, entre o dia 15 de fevereiro e 30 de setembro (horário de verão).

A visita demora em média uma hora e o preço dos bilhetes oscilam entre os seis (bilhete de adulto) e os dez euros (bilhetes de família). Crianças até aos cinco anos têm acesso gratuito.