Viana do Alentejo: Assembleia Municipal aprova moção contra encerramento de serviço de finanças

VianaAlentejoA Assembleia Municipal de Viana do Alentejo está contra a possibilidade de encerramento da repartição de finanças, uma vez que considera que essa decisão acarreta “prejuízos irreparáveis para as populações, para as empresas e para a economia local”.

Num mão aprovada por unanimidade, o órgão autárquico afirma que o encerramento do serviço de finanças contribui para acentuar “o processo de abandono e consequente despovoamento dos concelhos do interior”.

A concretizar-se a medida a população ver-se-á obrigada a percorrer grandes distâncias para resolver problemas relacionados com o departamento de finanças, o que levará a um aumento nos custos da deslocação a uma população maioritariamente envelhecida e com baixos rendimentos.

A Assembleia Municipal de Viana do Alentejo realça o facto de o edifício da repartição de finanças ser propriedade do Estado, pelo que considera que “não existem custos acrescidos para a manutenção deste serviço no concelho”.