GNR fiscaliza uso de cinto de segurança e sistemas de retenção

Seatbelt-GNRA Guarda Nacional Republicana intensifica, até domingo, dia 16 de março, a fiscalização do uso do cinto de segurança e de sistemas de retenção para crianças (SRC), direcionando as ações para as vias onde as infrações por falta de uso dos dispositivos de retenção são mais frequentes.

De acordo com o Major Rogério Copeto da GNR de Évora: “A utilização do cinto de segurança não só é obrigatória como pode salvar vidas”.

 

Serão levadas a cabo 2408 ações de fiscalização por um efetivo de 5417 militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos comandos territoriais.

No ano passado, no âmbito desta operação foram fiscalizados 51 106 condutores, dos quais 1767 circulavam em infração, por falta de cinto se segurança ou por não utilização do Sistema de Retenção de Crianças.