Évora: Kemet Electronics pretende despedir 127 operários

kemetA multinacional norte-americana Kemet Electronics pretende avançar com o despedimento coletivo de quase metade dos trabalhadores da fábrica de Évora.

De acordo com  uma denúncia sindical este despedimento irá colocar no desemprego um total de 127 operários, de uma unidade que emprega cerca de 310 trabalhadores.

Hugo Fernandes, dirigente do Sindicato das Indústrias Elétricas do Sul e Ilhas, disse que a multinacional norte-americana está a deslocalizar parte da produção do Alentejo para o México.

No ano passado, esta empresa já tinha anunciado um despedimento coletivo, mas depois acabou por recuar.

A fábrica de Évora da Kemet Electronics, produz condensadores de tântalo para telemóveis e para a indústria automóvel.