Exposição (In)Temporalidades no Museu de Évora

intemporalidadesA exposição (In)Temporalidade é inaugurada hoje, 21 de novembro, às 18 horas, no Museu de Évora.

A Direção Regional de Cultura do Alentejo e Museu de Évora apresentam ao público esta exposição que reúne obras de três artistas alentejanos: Joaquim Carrapato (fotografia), Júlio Jorge (aguarela) e Marcelino Bravo (óleo ou acrílico).

Juntos, os artistas desafiam o tempo confrontando o passado e o presente de um mesmo espaço e de uma mesma população que, em constante mutação, se preserva intemporal.

O tema comum é a cidade de Évora e as suas (in)temporalidades.