Deco esclarece coberturas e as exclusões do seguro obrigatório do dador de sangue

Mara_ConstantinoO Ministério da Saúde divulgou as coberturas e as exclusões do seguro obrigatório do dador de sangue, que entrou em vigor a 23 de agosto. Esta medida aguardava há mais de 20 anos por regulamentação.

Segundo Mara Constantino, da Delegação de Évora da DECO, “até agora, os dadores de sangue não contavam com qualquer tipo de proteção específica, embora o seguro de responsabilidade civil dos serviços de sangue cobrisse as complicações que resultassem de falhas na atuação dos profissionais de saúde”. Este seguro prevê ainda a cobertura dos acidentes ocorridos no local da colheita e no trajeto de ida e de regresso.

Saiba mais na edição de hoje de Conversa em Dia.

Ouvir aqui Conversa em Dia