ELVAS: INCÊNDIO NA HERDADE DE BELVER CONSOME PASTO E EUCALIPTAL

Fogobastinhas2Um incêndio deflagrou, na tarde desta quinta-feira dia 22, na Herdade de Belver, localizada na estrada da Ajuda, no concelho de Elvas. O alerta foi dado cerca das 16.30 horas e, no combate às chamas, esteve um meio aéreo (helicóptero), seis viaturas de combate direto e uma equipa da força especial de bombeiros. No local, estiveram 45 homens das corporações de Elvas (na foto ao lado), Campo Maior, Sousel, Arronches, Monforte e Alandroal.

Miguel Carvalho, do Comando de Operações, destacou a prontidaão no “ataque inicial às chamas que foi muito forte e musculado, apesar do calor e do vento”. De acordo com este responsável, a área ardida ronda os “oito hectares de restolho e eucaliptal”.Avio

O cavaleiro tauromáquico Joaquim Bastinhas, proprietário da Herdade, acompanhou os trabalhos de combate às chamas e elogiou a pronta atuação dos meios, quer aéreos quer terrestres, e afirmou que as causas que podem estar na origem do incêndio “são desconhecidas”. Na Herdade de Belver, palco do incêndio, pastam 300 cabeças de gado, que saíram ilesas do fogo, uma vez que o gado foi deslocado para uma área não ardida.

O incêndio entrou em fase de rescaldo por volta das 17.30 horas. A área ardida, ainda não avaliada com precisão, foi calculada entre quatro e oito hectares, entre restolho (sobretudo) e eucaliptal.