Exposição “Mulheres que Partem: Narrativas Migrantes e Violência(s) do Olhar” na Casa do Alentejo

Mulheres_que_parte_cartaz

A exposição “Mulheres que Partem: Narrativas Migrantes e Violência(s) do Olhar” de Sandra Guerreiro Dias e Dominika Gorecka está patente na Casa do Alentejo em Lisboa, até dia 10 de maio.

A mostra é uma ilustração gráfica sobre a violência e a representação feminina na sociedade pós-globalizada, através do desenho e da palavra de forma a explorar paisagens poéticas que retratama condição feminina anónima.

Inicialmente a exposição foi apresentada no colóquio “Feminismo e Migração: Intervenção Social e Ação Política” na Universidade Autónoma de Barcelona em 2012. Este projeto explora as relações entre estudos feministas, artes gráficas, poéticas e performativas