Estremoz: Casal em prisão preventiva por suspeita de tráfico

detencaoO Tribunal Judicial de Estremoz decretou a prisão preventiva de um casal detido pela PSP da cidade, por suspeita de tráfico de droga.

Os suspeitos, a quem foram apreendidas 1815 doses individuais de haxixe e pólen de haxixe, detidos pela PSP de Estremoz, ontem,  terça-feira, dia 30, foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação mais gravosa.

Segundo a fonte da PSP, o homem vai aguardar julgamento no Estabelecimento Prisional de Elvas, enquanto a mulher recolheu ao Estabelecimento Prisional de Odemira.

O Comando Distrital da Polícia de Évora refere, em comunicado, que “a detenção do homem, de 34 anos, e da mulher, de 29, naturais e residentes em Estremoz, foi efetuada no decorrer do cumprimento de mandados de busca e apreensão, na sequência de uma investigação relacionada com o tráfico de droga que se prolongava há vários meses”.

Segundo a Polícia, “no interior da residência do casal foi ainda encontrada uma estufa, composta por seis lâmpadas incandescentes, um termo ventilador e diversos cabos elétricos, onde estavam a ser cultivadas oito plantas de canábis”.