Marcha contra o emprobrecimento em Évora

MarchaEmpobrecimento

Marcha contra o emprobrecimento decorrerá de 6 a 13 de abril, em todo o país. Évora não é exceção estando marcada uma concentração pelas 10horas nas Portas d’Alagoa e no Rossio, no dia 9 Abril. A manifestação decorrerá pelas ruas da cidade até à Praça do Sertório.

Com esta marcha a organização, CGTP, intersindical Nacional, exige um investimento produtivo, aumento do salário mínimo nacional para 515 euros, reforço da proteção social no desemprego, reposição dos escalões de abono de familia.

A intersindical nacional revela que tem alternativas às medidas tomadas pelo governo, tais como: romper com o programa das troicas, renogociar melhores condições de financiamento, aumentar a produção nacional, parar os processos de privatização, facilitar o acesso ao crédito, taxar todas as transações financeiras em 0,25, aplicar dividendos dos grandes accionistas, reduzir encargos públicos com as PPP’s (parcerias público-privadas) e acabar com os benefícios fiscaios ao sector segurador e financeiro e às fundações privadas dos grupos económicos.