Azeite do Alentejo reconhecido como indicação Geográfica Protegida

AzeiteAlentejo

O “Azeite do Alentejo” foi reconhecido como ” como Indicação Geográfica Protegida”, de uso exclusivo dos produtores do Alentejo após um pedido formal por parte do Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo junto do Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural, e das Pescas.

O projecto visava o reconhecimento de um instrumento de qualificação que, constitui uma garantia de origem e de qualidade do produto junto do consumidor.

O processo encontra-se em análise na Comissão Europeia, o qual existe um pedido de protecção transitória efectivado pelo CEPAAL no âmbito do mesmo colocando a possibilidade de qualificação e comercialização de Azeite do Alentejo no mercado nacional.

O Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo irá, na sequência do projecto “Azeite do Alentejo” – Indicação Geográfica Protegida, realizar na próxima quinta-feira, 4 de abril, na Sala Ogival, no Terreiro do Paço, em Lisboa, pelas 18horas, uma sessão de Apresentação dos primeiros lotes qualificados como “Azeite do Alentejo”, assinalando assim o seu lançamento no mercado nacional.