Évora com mais casos de cancro da mama

cancro-da-mama

O distrito de Évora tem registado mais casos de cancro de mama no entanto a taxa de mortalidade é mais baixa. Esta situação deve-se muito à custa do projeto de rastreio onde o distrito é pioneiro.

Antes do rastreio, o Hospital Espiríto Santo de Évora chegou a operar cerca 200 novos casos por ano, mas atualmente o número de operações baixou para 70 a 80 novos casos de cancro da mama.

O programa cobre actualmente toda a região centro, assim como os distritos de Évora, Beja, Portalegre, Santarém e concelhos dos distritos de Bragança, Viana do Castelo e Lisboa.

Utiliza unidades moveis e fixas, que se deslocam de 2 em 2 anos ao concelho, enviando convites pessoais às mulheres com idade rastreável (45-69), inscritas nos centros de saúde para a realização de uma mamografia.

Todos os anos registam-se 4500 novos casos onde 90 por cento destes são curáveis se detetados na fase inicial