Frio – Recomendações da ARS Alentejo

frio1

O frio intenso pode ter efeitos prejudiciais na saúde como o enregelamento, a hipotermia e o agravamento de algumas doenças cardíacas e respiratórias. Tendo em conta que estamos na época do ano em que o frio domina a administração Regional de Saúde do Alentejo, recomenda que nos dias de frio intenso se tenham alguns cuidados especiais de prevenção a nível pessoal, das condições da habitação e de proteção das pessoas mais vulneráveis aos efeitos na saúde do frio como as pessoas que vivem sós/isoladas ou sem abrigo, os idosos e as crianças.

Para se precaver contra o frio é importante adopar algumas medidas gerais como vestir várias camadas de roupa em vez de uma única peça de tecido grosso, usar calçado quente e que não escorregue, tomar banho com água morna e usar creme hidratante em especial nas mãos, pés, cara e lábios, beber líquidos mornos como sopas, chá e leite, comer legumes e frutas, ter cuidado com a utilização dos aquecimentos a gás e a lenha (braseiras, salamandras, lareiras), para evitar queimaduras e intoxicações, ter em casa uma reserva de alimentos e medicamentos, promover o arejamento da casa regularmente. Quando viajar de automóvel cumpra as regras de segurança: cuidado com a berma da estrada pois pode haver gelo.

Se trabalha no exterior, deve proteger o corpo com roupa e calçado adequado e em dias de muito vento, deve procurar andar por locais abrigados.

Em relação às pessoas mais vulneráveis como pessoas sós/ isoladas/ pessoas sem-abrigo deve certificar-se que familiares, vizinhos e amigos que vivem sozinhos, se encontram bem de saúde e em condições de conforto.

Quando sair de casa com bebés ou crianças, proteja-os bem do frio. Se cuida de idosos ou de pessoas com alguma dificuldade de mobilidade, incentive-os a fazer pequenos movimentos com os dedos, braços e pernas, pois evitam o arrefecimento.
Mantenha-se atento aos Avisos e informações dos organismos oficiais sobre previsões meteorológicas e alertas.