Alentejo: freguesias acabam em concelhos maiores

alentejoDe acordo com o projeto de Lei sobre Reorganização Administrativa do Território das Freguesias, os maiores concelhos do Alentejo saem penalizados com estas alterações: o município de Évora perde sete freguesias, em Beja acabam seis, Elvas fica com menos quatro e os concelhos de Arraiolos, Crato, Montemor-o-Novo, Moura, Nisa e Portalegre têm reduções de três cada um.

As alterações do número de freguesias, por ordem alfabética de concelhos, são os seguintes: Alandroal reduz de seis para quatro, Arraiolos de sete para quatro, Avis de oito para seis, Crato de seis para três, Elvas de 11 para sete freguesias, Évora de 19 para 12, Gavião de cinco para três, Montemor-o-Novo de dez para sete, Moura de oito para cinco, Nisa de dez para sete freguesias, Ponte de Sor de sete para cinco, Portalegre de dez para sete, Portel de oito para seis, Reguengos de Monsaraz de cinco para quatro, Serpa de sete para cinco e Vila Viçosa de cinco para quatro freguesias.