Número de dormidas desce no Alentejo

INEO número de dormidas no Alentejo diminuiu em Maio passado 6,3% comparativamente com período homólogo. Os dados são do Instituto Nacional de Estatística (INE). Em Portugal a hotelaria registou 3,5 milhões de dormidas em Maio de 2011, um valor ligeiramente inferior (-0,9%) ao registado no mês homólogo do ano anterior.

No Alentejo a estada média fixou-se em 1,6 noites. No que diz respeito aos proveitos, a região foi, ao lado dos Açores, a que registou quebras mais acentuadas: -4,5 % para os proveitos totais e –8,9% para os proveitos de aposento.

No País, o rendimento médio por quarto foi de 28,9 euros em Maio de 2012, número inferior em 4% ao observado em Maio de 2011. No Alentejo este valor desceu dos 18,6 euros em Maio de 2011 para os 17,2 euros em Maio de 2012, ou seja, menos 7,5 % do que em período homólogo.