Évora: Artista cabo-verdiano apresenta hoje o seu 1ºCD

bilanNo âmbito da 9.º edição do “Festival Escrita na Paisagem – festival de performance e artes da terra 2012”, que decorre até final do mês de agosto, em Évora, o músico cabo-verdiano Bilan apresenta hoje o seu primeiro álbum “Ilha” em Évora.

Nascido numa família de reconhecidos músicos cabo-verdianos, é o contacto com a cidade e uma certa saudade das ilhas da Morabeza que dão o tom à sua estética musical.

Uma partilha histórica do ser e do fazer, informada pelas ideias de identidade e de diferença resultantes de um longo processo de cruzamento e miscigenação, dá a forma a esta cultura comum que se manifesta no campo artístico e, sobretudo, no campo musical, como valor inquestionável da produção contemporânea.

A música de raiz africana respira na produção de vários criadores musicais dos séculos XX e XXI em Portugal. Respira, tanto pela circulação dos protagonistas, como pela indústria discográfica e da difusão musical. Respira nas  profundas influências que a relação histórica que une as duas culturas potencia (entre os limites do período colonial, a circulação que as independências geraram e as contaminações que o mundo global continuamente (re)faz). Está, como dizemos, no ar dos tempos, na massa do sangue. Entra no ouvido e faz mover os corpos e os continentes.

O concerto está marcado para hoje à noite, no Largo de São Vicente, em Évora.