Montemor-o-Novo: assinatura do Auto de Cedência do Convento da Saudação (c/ fotos)

A Câmara Municipal de Montemor-o-Novo e a Direção-Geral do Tesouro e Finanças assinaram no dia 17 de agosto, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Auto de Cedência do Convento da Saudação, aprovado por unanimidade em Reunião de Câmara de 26 de junho de 2017.

Este Auto de Cedência tem por finalidade exclusiva a recuperação deste imóvel tendo em vista a sua aplicação a fins culturais, nomeadamente para a eventual promoção de uma candidatura para a criação e instalação de um Centro de Artes Transdisciplinares.
Mediante este Auto, o Convento da Saudação é cedido ao Município por um período de 39 anos, que ficará com as responsabilidades de conservação e manutenção do imóvel e de reabilitação e recuperação do edifício, durante o período definido.

A Câmara Municipal esclarece que esta cedência temporária do Convento da Saudação, para fins culturais, é um processo perfeitamente distinto da tentativa de Descentralização do Castelo, recusada, nas condições propostas, por este Município.