A Ciência sai á rua com os Centros Ciência Viva

unnamed (1)A edição deste ano da Ciência Viva no Verão em Rede, decorre até 15 de setembro.

O programa conta mais de 5000 ações e saídas de campo gratuitas, para todas as idades, em todo o país e em diferentes áreas da ciência e da tecnologia. São já habituais as observações astronómicas, as visitas a praias, estuários e locais de interesse geológico, mas também a locais, como pontes e barragens, em que o público pode tomar contacto com as diferentes áreas da engenharia, sempre com o apoio de especialistas.

Este sábado, 28 de julho, o Centro Ciência Viva de Estremoz em parceria com o Departamento de Geociências da Universidade de Évora promovem a ação “Do Atlântico aos recursos geológicos… Dos recursos geológicos à Sustentabilidade da nossa forma de Vida” na Praia das Furnas.

No dia 30 de julho e 3 de agosto a ação repete-se na Praia da Zambujeira do Mar, e dias 1 e 8 de agosto na Praia de Almograve.

A ação “A história da Terra num copo de vinho – OPP Ciência 2017 – Tabernas do Alentejo, Arte e Ciência” acontece dia 4 de agosto.

Haverá ainda a ação “As Estrelas no Sistema Solar à escala do Concelho”, em Évoramonte, Estremoz, São Lourenço de Mamporcão e São Bento do Cortiço, dias 4, 11, 14 e 31 de agosto respetivamente.

E ainda no dia 26, a ação “Porque estão os castelos onde estão? O exemplo do Castelo de Estremoz”.

Em setembro haverá ainda as ações “Olhar os Céus em Arraiolos para Melhor Conhecer o Mundo em que Vivemos” no dia 1 e dia 15 “De bicicleta pelo Sistema Solar?”.

A Ciência Viva no Verão é organizada por centros ciência viva, instituições científicas, autarquias, empresas e associações científicas.

Share on FacebookTweet about this on Twitter