Oleiros terminam curso em Viana do Alentejo (c/ fotos)

Os 11 formandos que terminaram o curso de oleiro no início do mês receberam os diplomas no passado dia 11 de julho, numa cerimónia que teve lugar no Cineteatro Vianense.

Entre os presentes estiveram o Presidente do Município de Viana do Alentejo, Bengalinha Pinto, o Delegado Regional do Instituto de Emprego e Formação Profissional, Arnaldo Frade, a Diretora do Serviço de Emprego e Formação Profissional de Évora, Paula Caeiro, e o formador do curso, Feliciano Mira Agostinho.

De salientar que o curso, promovido pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional/Centro de Emprego e Formação Profissional de Évora em parceria com o Município de Viana do Alentejo, teve a duração de 14 meses e deu equivalência ao 9º ano de escolaridade.

O curso surgiu no âmbito de uma estratégia delineada pelo Município de Viana do Alentejo que alia a tradição à modernidade, valorizando e preservando a identidade cultural do concelho.

Durante a sessão, Arnaldo Frade revelou que o curso de oleiro só avançou “devido ao empenho do Município de Viana do Alentejo”. Um curso que, para além de pretender preservar uma arte em vias de extinção, visou também a qualificação do ponto de vista da escolaridade. A propósito, o Delegado Regional avançou que no Alentejo existem “14.500 desempregados, 65% dos quais não têm o 12º ano”. Por isso, o mesmo responsável é de opinião que “não podemos perder o comboio da qualificação”.

Já o Presidente do Município de Viana do Alentejo revelou tratar-se de um “dia feliz”, com os 11 formandos receberam o diploma, depois de 14 meses de formação. Bengalinha Pinto felicitou todos os oleiros presentes, atuais e futuros, fazendo votos para que “esta etapa seja um estímulo para alguns oleiros continuarem a arte de forma mais profissional”.

Foi ainda entregue à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Viana do Alentejo um cheque no valor de 1000,00 €, resultante de uma ação solidária com a venda de peças feitas pelos formandos do curso de oleiro.

O apontamento musical esteve a cargo do recém-formado Grupo Coral de Aguiar, constituído por 16 jovens, entre os 6 e os 26 anos.

Share on FacebookTweet about this on Twitter