U. Montemor empata com Lusitano Évora e segura o 3.º lugar

gus_lusitano_taa.jpgJogou-se na tarde deste domingo, 6 de maio, também Dia da Mãe, a última jornada da Divisão de Elite. Com o título de campeão já entregue a Redondense e o segundo lugar definido para o Juventude, as atenções voltaram-se para a disputa pelo 3.º lugar, entre Lusitano de Évora e Grupo União Sport, que jogaram entre si no Campo Estrela, em Évora, num relvado em péssimas condições. Apesar do União ter sido superior e ter tido as melhores oportunidades, o resultado final foi um empate a uma bola, lisongeiro para o Lusitano. Numa época de grandes contrariedades em termos de lesões, o União conseguiu manter a 3.ª posição, culminado uma época que se pode considerar positiva.

O jogo entre Lusitano de Évora e U. Montemor, que a RNA acompanhou, arrancou em bom ritmo, bem disputado, aberto, com ambas as formações a quererem ganhar para alcançar o 3.º lugar do pódio da Elite, mas também a revelarem algum nervosismo. A primeira grande oportunidade foi para o União, com Laurentino a responder com grande defesa a um livre de Jean. Pouco depois seria Nuno Brás a fazer excelente intervenção, numa partida em que o guarda-redes Montemorense cumpria o seu centésimo jogo sénior com as cores do União. Aos 12 minutos o GUS teve nova oportunidade para inaugurar o marcador, com Xande a servir Capela, mas o guardião do Lusitano a revelar segurança. Depois viveu-se uma fase em que a equipa verde e branca foi superior e onde também teve hipótese de fazer balançar a redes da baliza de Nuno Brás. Já perto da meia-hora de jogo, é Capela a servir Xande que de cabela esteve perto do golo, mas Laurentino teve mais uma grande intervenção. Pouco depois surgia flagrante oportunidade para a equipa da casa, com Vítor Pires sozinho a cabecear por cima. Aos 37 minutos, após cruzamento largo da direita, Machado fez o primeiro da partida, dando vantagem à formação da casa. Ao cair do pano da 1.^parte, União consegue a igualdade, através do suspeito do costume – Xande – a cabecear para o empate aos 48 minutos, resultado com que se chegou ao intervalo e que melhor se ajusta àquilo que se passou nos primeiros 45 minutos.

A 2.ª parte começou com a mudança nas condições climatéricas, com a chuva e a trovoada a surgirem de forma inesperada. À hora de jogo, o Lusitano de Évora efetuou as primeiras substituições, fazendo dupla alteração, com Targino e Bruno a renderem Vitor Pires e Joel.

Aos 70 minutos Cipriano Madeira refrescou pela primeira vez a sua equipa, substituindo Capela por Adrien. Simultaneamente, o treinador Rui Salgado fez nova dupla alteração, com Charrua e Jair a entrarem para os lugares de Machado e Rui Bento. Com o jogo partido, a cerca de 10 minutos do término do encontro, União fez entrar Fábinho para o lugar do ainda júnior Chiola. Aos 89 minutos, o Lusitano iria esgotar as substituições colocando em campo Pira para o lugar de Rogério. Já em tempo de descontos, o União faria entrar Profeta que rendeu Jean.

O jogo iria terminar com 1-1 no marcador. Com este resultado, o União não deixou escapar o 3.º lugar, segurando o último lugar do pódio da Elite da Associação de Futebol de Évora, numa tarde onde também foram muitos os adeptos que acompanharam a formação Montemorense neste derradeiro jogo da época 2017/2018..

Em termos exibicionais, no União, há que destacar a enorme exibição de Xande, mas também de Lino Malhão e Jean, numa partida que em termos coletivos também foi bem conseguida por parte do União, e onde a haver um vencedor este seria a equipa alvinegra.

Resultados Finais: Perolivense 7-0 Cabrela, Monte Trigo 3-2 Canaviais, Juventude Évora 3-0 At. Reguengos, Lusit. Évora 1-1 U. Montemor, Redondense 0-0 Arcoense, Alcaçovense 0-0 Sp. Viana, Corval 1-1 Portel.

Share on FacebookTweet about this on Twitter