Futebol: U. Montemor vence mas não convence diante Canaviais

gus-canaviais2Este domingo, 18 de fevereiro, disputou-se a 16.ª jornada da Divisão de Elite e a 14.ª jornada da Liga AFE. Na Elite, o União de Montemor bateu o Canaviais por 2-0, numa exibição pálida por parte dos alvinegros, enquanto que o Cabrela perdeu por 1-6 diante do Monte Trigo. No que diz respeito à Liga AFE, o Valenças empatou a uma bola em casa com SB Outeiro, após a saída do treinador Ilídio Costa, enquanto que o Fazendas do Cortiço deslocou-se a Estremoz, onde foi batido por 3-0.
Sobre a partida que a RNA acompanhou com relato, o GUS, após dois empates consecutivos, recebeu a formação do Canaviais, que vinha de 4 jogos sem vencer. O União entrou bem no desafio e, logo aos 5 minutos, após cruzamento de pé esquerdo de Paulo Pinheiro, o defesa central Rúben Mosca é infeliz e faz auto-golo, colocando a equipa da casa em vantagem. Nos primeiros minutos o Canaviais apresentava-se muito recuado e a demonstrar as suas fragilidades, ainda assim o primeiro pontapé de canto da partida foi para a equipa eborense. Cipriano Madeira foi obrigado a alterar o seu 11 inicial, com Fábinho a sair aos 30 minutos, lesionado num ombro, entrando para o seu lugar Adrien. Os minutos foram passando e o União, perante uma equipa muito jovem, efetuava uma exibição descolorida, numa 1.ª parte pouco conseguida. Ao intervalo o União vencia mas não convencia, apresentando um futebol sem ideias.
À partida para o 2.º tempo, os treinadores Luís Sacristão e Cipriano Madeira não efetuaram alterações. O Canaviais iria efetuar dupla alteração aos 55 minutos, entrando Vasco Sobral e Feitor, saindo David e Rafa. O jogo não atava nem desatava, numa partida um pouco aos soluços, com nada a sair bem ao conjunto alvinegro, mostrando-se inclusivamente desplicente. O resultado era curto e o treinador do GUS colocava a aquecer Cardinhos, Nuno Silva e André Pinto. O primeiro pontapé de canto do jogo para o GUS aconteceu apenas ao minuto 17 da 2.ª parte, o que refletia o desacerto ofensivo da equipa da casa. O Canaviais faria nova dupla alteração, substituindo Cristo e Milho por Tiago e Maneta. O União, por seu turno, faria as suas duas primeiras alterações aos 70 minutos, saindo Jean e Capela, entrando para o seu lugar Diogo Cardinhos e André Pinto. Entrava-se para os últimos 15 minutos da partida, com o União a não conseguir ligar um passe e a manter uma exibição pouco positiva. A equipa do Canaviais colocava mais gente na frente, fazendo perigar a baliza do GUS por duas ocasiões. Aos 84 minutos, o Canaviais arriscava tudo com nova dupla alteração, com Pedro e Monginho a substituir Varges e Dani. No cair do pano, o árbitro marca grande penalidade a favorecer o União, castigando falta sobre Adrien. Fábio Neves marcava e convertia o tento da tranquilidade aos 88 minutos. O União ainda faria entrar, aos 89 minutos, Nuno Silva, que rendeu Rui Pereira. Em síntese este jogo foi um autêntico marasmo ofensivo, num péssimo jogo por parte da equipa Montemorense, valendo os 3 pontos da vitória, já que o União tem a obrigação de fazer mais e melhor, revelando muita ansiedade.

Resultados:
Divisão de Elite: Corval 0-1 Perolivense, Alcaçovense 0-6 Juventude Évora, Portel 1-5 Redondense, Sp. Viana 4-2 Lusit. Évora, U. Montemor 2-0 Canaviais, Cabrela 1-6 Monte Trigo, Arcoense 1-1 At. Reguengos.

Liga AFE: Valenças 1-1 SB Outeiro, Arraiolense 1-0 Aguiar, Tourega 1-3 Giesteira, O Calipolense 3-1 Santana do Campo, Estremoz 3-0 Fazendas do Cortiço. Folga: Bencatelense.