Futebol: U. Montemor empata em casa com Monte Trigo

gusmontetrigoIMG_1739Disputou-se na tarde deste domingo, a 14.ª jornada da Divisão de Elite e a 13.ª jornada da Liga AFE.
Na Elite, e com transmissão na RNA, o U. Montemor recebeu e marcou passo, ao empatar a 1 bola, no Estádio 1.º de Maio, com a formação do Monte Trigo. Também na Elite o Cabrela jogou no seu reduto, tendo sido goleado por 1-9 pelo Redondense. Já o Valenças, na Liga AFE, foi perder por 3-1 a Bencatel.
No que diz respeito ao U. Montemor-Monte Trigo, a partida iniciou com domínio do União, subindo bem pelas linhas laterais. Aos 18 minutos, Fabinho ganha espaço, desequilibrando a defesa contrária, faz um cruzamento/remate, com Xande a surgir na zona de marcação de grande penalidade a faturar o primeiro da partida para o União. Aos 25 minutos, o golo do empate teve muito perto de acontecer, com a defesa alvinegra a ser apanhada em contrapé, e Nuno Brás a fazer falta sobre Fausté, vendo um amarelo que podia ser de outra cor, já que o jogador do Monte Trigo seguia isolado. Aos 41 minutos, Jean Carlos passa para Fausté que, com classe e de pé esquerdo, rematou para o empate. Pouco depois, Tiago Dimas, que estava de regresso após 3 meses a debelar uma lesão na clavícula, sentiu um pouco de desconforto, sendo substituído ao intervalo por André Capucho. O intervalo iria chegar com um empate a uma bola, num 1.º tempo em que o União foi superior em grande parte do jogo, com personalidade, mas onde o Monte Trigo, embora muito defensivo, aproveitou uma das duas oportunidades que teve.
A 2.ª parte iniciou com um GUS pressionante em busca da vantagem no marcador, estando muito perto de marcar, com Paulo Pinheiro a rematar bem, após cruzamento de Fábio Neves, com o guarda-redes do Monte Trigo a defender para a trave. Aos 15 minutos da 2.ª parte, Cipriano Madeira arrisca e faz entrar o avançado Nuno Silva, que substituíu Fabinho. Também o Monte Trigo, aos 65 minutos, efetuou a sua primeira alteração, reforçando a sua linha defensiva, com Gião a entrar para o lugar de João Miguel. Aos 70 minutos, o Monte Trigo ficou reduzido a 10 elementos, com Marco Mira a ver o 2.º amarelo e a ser expulso, após entrada de carrinho. Um minuto depois, por parte do União, Rui Pereira seria substituído por Capela e, logo de seguida, o Monte Trigo faria entrar Azinhais para o lugar de Jean Carlos. A formação forasteira voltaria a mexer, com Ratinha a render Pedro. A 6 minutos dos 90, o União iria colocar a carne toda no assador com Cardinhos e André Pinto a substituírem Miguel Barrenho e Pedro Catarro. O União dava o tudo por tudo, com apenas 3 defesas e 7 homens de características ofensivas. Já em tempo de descontos gritou-se golo para o União, com o árbitro a anular o tento, dizendo que houve falta sobre o guarda-redes, uma decisão polémica pois parece não ter havido nenhuma obstrução ao guardião forasteiro. O desafio terminou com o União muito perto de marcar, contudo, o empate iria ser o resultado final.
Em resumo, o jogo para o União começou bem mas depois não conseguiu dar a volta a um desafio, onde não teve argumentos para alcançar a vitória, com mérito para o Monte Trigo.

Resultados:
Divisão de Elite: C.C. Corval 1-3 Juv. Évora (28/1), Portel 1-1 Alcaçovense, Sp. Viana Alentejo 8-2 Perolivense, Cabrela 1-9 Redondense, U. Montemor 1-1 Monte do Trigo, Arcoense 2-0 Lus. Évora, Canaviais 1-1 At. Reguengos.

Liga AF Évora – 13ª Jornada (4/2) – 15h
Bencatelense 3-1 Valenças, S.B. Outeiro 2-2 Arraiolense, Aguiar 5-1 Tourega, Giesteira 2-4 Calipolense, Santana do Campo 0-0 Estremoz. Folga: Fazendas do Cortiço.

Share on FacebookTweet about this on Twitter