“Voar na Asa dos Livros” mostra arte infantil no INATEL de Évora (c/ fotos)

Até ao dia 26 de Fevereiro poderá visitar a exposição “Os Nossos Animais Fantásticos” que está patente na Fundação Inatel de Évora (Rua Serpa Pinto, 6), das 10 às 12:30 e das 14 às 16 horas, prolongando-se com a hora de almoço às quartas-feiras. Encerra ao fim de semana. Esta mostra permite conhecer melhor a criatividade de um grupo de crianças eborenses de várias instituições de ensino e de apoio à deficiência.

Os trabalhos foram realizados no âmbito do Projecto Municipal de Promoção do Livro e da Leitura “Voar na Asa dos Livros”, tendo como ponto de partida as Oficinas de Interpretação da exposição “Animais Fantásticos” da Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência, inspirada no livro infantil da autoria de José Jorge Letria.

Tal como afirma a Vereadora da Educação e Intervenção Social, Sara Fernandes, no catálogo desta exposição, o projecto “Voar na Asa dos Livros” assume, como objectivo primeiro, fomentar hábitos de leitura, contribuir para a difusão do livro e do conhecimento, procurando promover a qualidade da aprendizagem para todos”. O livro, considera a autarca, “produz uma informação que permite processamento e estimula o sentido crítico” e “uma geração que lê é, seguramente, mais culta, mais criativa e mais interventiva”.

Deste modo, foram parceiros no projecto com a Câmara Municipal de Évora a EB S. Mamede, a Obra de S. José Operário, o Centro Social e Paroquial de S. Brás, o Centro Infantil Palmo e Meio, o Centro de Atividade Infantil de Évora (CAIE),  e a APPACDM. A exposição conta ainda com o envolvimento do Agrupamento de Escolas nº 2 e a parceria da Fundação INATEL.

Na inauguração da exposição, na tarde da passada sexta-feira, a Vereadora ficou bastante satisfeita com a qualidade desta mostra e sublinhou a importância da participação de todos. Chamou ainda a atenção para o valor de pais e educadores lerem em conjunto com os mais novos, deixando-lhes o desafio: “leiam com e para as crianças”.