Futebol: U. Montemor perde em Redondo diante do líder

2215099087-bolaaaJogou-se este domingo a 12.ª jornada da Divisão de Elite e a 11.ª jornada da Liga AFE. Na Elite o jogo grande foi mesmo o Redondense – Grupo União Sport (GUS), que teve relato na RNA. O líder Redondense bateu a formação Unionista por 2-1, em jogo intenso, mas em que vitória acenta bem à equipa da casa. Ainda na Elite o Cabrela foi às Alcaçovas perder por 6-0. Já na Liga AFE o Valenças foi até Arraiolos, onde perdeu com o líder por 3-0, enquanto que o Fazendas do Cortiço recebeu e venceu por 4-0 o Giesteira.
Quanto ao Redondense-U. Montemor, o GUS entrou bem na partida, num jogo que iniciou vivo e interessante. A primeira grande oportunidade foi do Redondense com Kelvin a ganhar a bola e a cruzar para Vítor Borrego rematar, com Nuno Brás a efetuar boa defesa. O jogo estava equilibrado quando, aos 16 minutos, o Redondense marcou através de um golo caricato. Após defesa de Nuno Brás, Fábio Neves rematou contra um adversário, no caso Coelho, e a bola caprichosamente vai para o fundo da baliza do União. Aos 29 minutos, o capitão Fábio Neves bate um livre, ainda antes do meio campo, fazendo um enorme passe de 40 metros para Paulo Pinheiro, que restabelece a igualdade de cabeça. Nesta altura estava reposta a justiça no resultado. Aos 36 minutos Nuno Brás volta a brilhar, efetuando grande defesa. Após o golo da equipa forasteira, o Redondense respondeu e esteve por cima do jogo. Nos últimos minutos da 1.ª parte jogou-se menos bonito. Ao intervalo ajustava-se o empate a uma bola.
A 2.ª parte iniciou sem mexidas em ambos os conjuntos. Logo no primeiro minuto da etapa complementar, o Redondense coloca-se novamente em vantagem, com Vitor Borrego a dizer sim a um cruzamento do lado direto de Carapinha, a bater seco e a não dar hipótese ao guardião alvinegro. O União reentrava mal na partida. O jogo, ainda assim, estava vivo e com oportunidades de parte a parte. Aos 57 minutos, e como não há um mal que venha só, Xande lesiona-se, com o “abono de família” do União a abandonar a partida. Cipriano Madeira aproveitava para fazer dupla substituição, aos 59 minutos, fazendo entrar Cardinhos e Rui Pereira, que renderam Xande e Miguel Barrenho. Com um União desorganizado, o Redondense esteve por várias ocasiões perto do golo, valendo à equipa Montemorense o guarda-redes Nuno Brás, com um punhado de grandes intervenções. Perante isto, aos 70 minutos, o técnico do GUS voltou a mexer no seu xadrez, de modo a dar mais vivacidade à sua equipa, fazendo entrar Adrien para o lugar de Fábinho. A desvantagem para o União mantinha-se e a partida estava dividida. Deste modo, Cipriano iria arriscar tudo por tudo, ficando apenas com 3 defesas, e com nova dupla alteração no GUS, entrando Nuno Silva e Profeta, saindo Capela e Peixe. A partida caminhava para o seu final, com o União a buscar desesperadamente o empate, mas também com o Redondense a estar muito perto do terceiro. O jogo terminou com a equipa da casa a regressar às vitórias diante do União, num resultado que se ajusta àquilo que se passou, sobretudo na 2.ª parte. No União, é caso para dizer que “tem de ir à bruxa”, pois tem havido uma onda de lesões e castigos, que condicionam muito a formação treinada por Cipriano Madeira. Hoje, poderá ter-se juntado ao lote de indisponíveis, Xande, o melhor marcador da equipa.
Resultados Finais:
Divisão de Elite AF Évora – 12ª Jornada: Juv. Évora 2-1 Portel, Corval 1-2 Sp. Viana Alentejo, Alcaçovense 6-0 Cabrela, Perolivense 1-2 Arcoense, Redondense 2-1 U. Montemor, Lus. Évora 3-0 Canaviais, Monte do Trigo 1-0 At. Reguengos.

Liga AFE – 11.ª jornada: Arraiolense 3-0 Valenças, Tourega 2-2 Bencatelense, Calipolense 2-0 S.B. Outeiro, Estremoz 2-0 Aguiar, Fazendas Cortiço 4-0 Giesteira. Folga: Santana do Campo.

Share on FacebookTweet about this on Twitter