Futebol: U. Montemor vence Alcaçovense e aproxima-se dos lugares da frente

agendaApós paragem no último fim-de-semana, os campeonatos distritais de seniores da Associação de Futebol de Évora regressaram este domingo, com a realização da 10.ª jornada na Divisão de Elite e da 9.ª jornada na Liga AFE.

Na Elite, o Grupo União Sport (GUS) deslocou-se até ao terreno do sempre difícil Alcaçovense ganhando por 0-2, enquanto que o Cabrela viajou até Portel, onde esteve em vantagem por 0-2, mas que apesar de ao intervalo vencer por 1-2, não conseguiu ser feliz e acabou por perder por 4-2. Nesta jornada destacou-se, igualmente, o duelo entre Redondense e Atlético de Reguengos, com os da casa a vencerem por 1-0. Já na Liga AFE o Fazendas do Cortiço (3.º classificado) recebeu e venceu por 1-0 o São Bartolomeu do Outeiro (3.º classificado), enquanto que o Valenças perdeu por 2-1, fora de portas, diante do Calipolense.

Quanto ao jogo do GUS, Cipriano Madeira, treinador do União, por opção, efetuou esta tarde uma mini revolução no onze inicial, preterindo das opções iniciais Capela, Cardinhos e André Pinto. O União iniciou bem o encontro, dominando o jogo. Aos 10 minutos, Rúben Varela, após marcação de livre de Fábio Neves, estava no sítio certo para inaugurar o marcador. Aos 22 minutos, o União recupera a bola no meio campo, com uma boa tabela entre Pedro Catarro e Xande, com este a marcar à saída do guardião do Alcaçovense. Pouco depois o União teria um revés com Rúben Varela, lesionado, a ser substituído por André Pinto. Aos 33 minutos esteve à vista o 0-3, com Fábinho a efetuar um grande remate ao poste esquerdo do Alcaçovense. O Alcaçovas, aos 38 minutos, teve a sua primeira oportunidade, com Mateus a servir Vítor Mansos, que atirou fraco e ao lado, aliás a formação da casa esteve melhor nos últimos minutos do primeiro tempo, tentando reduzir a desvantagem. Ao intervalo o GUS vencia por 0-2, com uma boa primeira parte por parte da equipa forasteira, onde praticamente só deu União, mas que nos derradeiros 10 minutos o Alcaçovense também mostrou que queria algo mais deste encontro.

A 2.ª parte começou com a formação alvinegra a conseguir controlar o jogo. A primeira oportunidade foi, inclusivamente para o União, com Xande a não conseguir cabecear para a baliza. Para os últimos 15 minutos fo jogo, o Treinador do União fez entrar Fábio Capela para o lugar de Fábinho. O Alcaçovense teve duas grandes oportunidades na 2.ª parte, mas não conseguiu fazer balançar as redes à guarda de Nuno Brás. Já nos últimos minutos do desafio, com algum atraso, foi efetuada a substituição do exausto Xande, que já tinha amarelo, e que podia arriscar ser expulso e, com isso, não poder dar o seu contributo para o jogo da Taça da próxima semana, a ser rendido por Nuno Silva. O jogo chegaria ao seu término com a vitória a não fugir ao GUS, que esteve melhor na 1.ª parte, mas que conseguiu segurar a vantagem que obteve na etapa primeira, e assim alcançou os 3 pontos, aproximando-se de Reguengos e Juventude.

Resultados Finais:

Divisão de Elite: Lusitano de Évora 2-0 Monte Trigo (16/12), Redondense 1-0 At. Reguengos, Perolivense 0-4 Canaviais, Alcaçovense 0-2 U. Montemor, Portel 4-2 Cabrela, Corval 0-0 Arcoense, Sp. Viana 3-1 Juventude de Évora.

Liga AFE: Santana do Campo 0-0 Aguiar, Fazendas do Cortiço 1-0 SB Outeiro, Estremoz 4-1 Bencatelense, Calipolense 2-1 Valenças, Tourega 0-1 Arraiolense. Folga: Giesteira

Share on FacebookTweet about this on Twitter