Segunda eliminatória da Taça “Dinis Vital” joga-se este domingo

bola relvado 22Este domingo, 5 de novembro, a partir das 14h30, realiza-se a 2.ª eliminatória da Taça Distrito de Évora “Dinis Vital”. Em competição ainda estão três equipas do concelho de Montemor: Grupo União Sport (GUS), Fazendas do Cortiço e Valenças.

O GUS, após bater na 1.ª eliminatória o Calipolense por 7-0, terá pela frente mais um adversário da Liga AFE, o S. Bartolomeu do Outeiro, isento na 1.ª eliminatória desta competição. O União é naturalmente favorito já que é de uma divisão superior, encontrando-se motivado pela primeira vitória caseira para o campeonato diante da difícil formação do Arcoense. Já o São Bartolomeu do Outeiro, que tem a vantagem de jogar no seu reduto, onde ainda não perdeu esta temporada, está na 3.ª posição da Liga AFE, somando três vitórias e apenas uma derrota, esta na casa do líder invicto Arraiolense.

Cipriano Madeira, Treinador do União, assume que a sua equipa é favorita mas tem de ter a atitude certa dentro de campo.

O GUS irá apresentar-se com várias baixas. Para além do castigado Nuno Silva (expulso na última jornada), Miguel Barrenho, Jean e Tiago Dimas estão lesionados, para além de André Capucho que até quinta não tinha treinado por doença.

André Pinto, um dos reforços desta época no GUS, é o jogador entrevistado esta semana pela Bancada Desportiva, efetuou também a antevisão desta partida, dizendo que o União vai entrar para ganhar.

O Valenças, que eliminou o Tourega por 5-1 na 1.ª ronda, recebe no seu D. Manuel I o Lusitano de Évora, isento na 1.ª eliminatória. De divisões diferentes, ambas as formações apresentam alguma irregularidade nos resultados para o campeonato. O Lusitano, que tem aspirações aos primeiros lugares na Elite, já soma duas derrotas, com Arcoense e Portel, curiosamente duas formações recém chegadas à Elite, enquanto que o Valenças vem de duas derrotas consecutivas pesadas com Outeiro e Aguiar. Numa partida em que Lusitano tem obrigação de mostrar o seu poderio e vencer, veremos se a jogar em casa a formação treinada por Ilídio Costa, faz a festa Taça. Ilídio Costa, Treinador do Valenças, considera este jogo super difícil.

Quanto ao Cortiço, que havia batido o Bencatelense por 5-1 na 1.ª eliminatória, desloca-se até às Alcaçovas, equipa que tinha ficado isenta na ronda anterior da Taça. Ambos os conjuntos não estão a fazer campeonatos brilhantes, mas o Alcaçovense, para além da vantagem de jogar no seu reduto, é à partida favorita, já que é da Divisão de Elite, enquanto que o Cortiço é da Liga AFE. A ver vamos, se no final, a lógica do mais forte prevalece. André Flores, Treinador do Cortiço, sabe que tem pela frente uma equipa complicada, mas tem esperança em fazer surpresa na Taça.

A emissão da Bancada Desportiva da RNA, com coordenação em estúdio de Paulo Canas, irá acompanhar a evolução de todas as partidas, com especial destaque para o relato do SB Outeiro – GUS, por Nuno Gamito.

Os jogos da 2.ª eliminatória da Taça “Dinis Vital”, alguns entre equipas da Elite, são os seguintes:

SB Outeiro – U. Montemor, Corval – Arcoense, Canaviais – Estremoz, Arraiolense – Portel, Valenças – Lusitano de Évora, Redondense – Sp. Viana, Monte Trigo – Atlético de Reguengos, Alcaçovense – Cortiço.

Share on FacebookTweet about this on Twitter