Futebol: U. Montemor perde com Canaviais no 1.º de Maio

GUS- Canaviais 2Disputou-se este domingo, 9 de abril de 2017, às 16h00, a 22.ª jornada na Divisão de Elite da Associação de Futebol de Évora. Tratou-se de uma jornada bastante interessante onde, para além dos 2 primeiros se defrontarem, com Lusitano de Évora a receber o líder Estrela de Vendas Novas, o Grupo União Sport foi visitado pela formação dos Canaviais.

No Estádio 1.º de Maio, a partida entre U. Montemor-Canaviais iniciou muito movimentada e cheia de emoções, auspiciando uma grande tarde de futebol, o que se iria concretizar. Aos 4 minutos, o União aproveita um erro da defensiva do Canaviais, com Fábio Capela a mostrar a sua classe, efetuando um chapéu ao guarda-redes Laurentino, numa grande execução técnica. Os Canaviais respondeu aos 8 minutos, com o GUS a queixar-se de uma pretensa falta de Ivanildo, contudo, o árbitro não assinalou, sobrando a bola para Estrela que, à saída de Nuno Brás, empatou a partida. A defensiva do Canaviais não esteve bem nos primeiros 15 minutos, levando o treinador Miguel Ângelo a mexer no eixo da defesa, trocando Mesquita por Carapinha, no eixo da defesa, colocando Mesquita na sua posição original (médio defensivo). Ofensivamente o União provocou desequilíbrios, com destaque para Capela, mas sem aproveitar as oportunidades. A formação de Cipriano Madeira teria uma contrariedade, aos 32 minutos, com Miguel Barrenho a sair lesionado, entrando para o seu lugar Jean. Aos 36 minutos, o caldo entornou, aquecendo e bem o ambiente no 1.º de Maio, com Ivanildo do Canaviais a levar apenas um amarelo, por cotovelada a Fábio Neves, considerando o árbitro não ter sido agressão. Os primeiros 45 minutos foram empolgantes e de bom de futebol, com ambas as equipas a quererem vencer, registando-se ao intervalo um empate a uma bola.
Na 2.ª parte, aos 48 minutos, sem nada o prever, e na sequência de um pontapé de canto, apontado por Mesquita, o Canaviais consegue dar a cambalhota no marcador, com Leonel Levy a cabecear para o 1-2. Teve à vista o 3.º da formação forasteira, que entrou melhor na etapa complementar, com Cainó a enviar a bola ao poste direito do União, tendo a defensiva da equipa da casa facilitado. O guarda-redes do Canaviais também brilhou ao defender um grande pontapé do capitão Jorge Roque, com Laurentino a arrojar-se e a não permitir o empate. O Canaviais iria fechar mais os caminhos da sua baliza aos 70 minutos, tirando o avançado Ivanildo, entrando o médio defensivo André Xavier. O União também iria mexer na equipa, aos 75 minutos, com Cláudio Peixe a render Pedro Catarro, com a equipa alvinegra a jogar apenas com 3 defesas. Pouco depois, através de um pontapé de Levy, jogador que fez a diferença, a trave da baliza à guarda de Nuno Brás tremeu. Aos 85 minutos Káio entraria na partida, rendendo Rui Pereira. Os últimos minutos foram mais jogados com o coração do que com a cabeça por parte do GUS, com o resultado a não se alterar.
Em suma, na tarde deste domingo, tivemos um jogo eletrizante no 1.º de Maio, numa 2.ª parte onde o União teve mais posse de bola, mas o Canaviais teve as melhores oportunidades. Este resultado, conjugado com a vitória do Vendas Novas no terreno do Lusitano de Évora, permite com que o Canaviais suba para o 2.º lugar, mantendo o Vendas Novas a liderança da Divisão de Elite.

Resultados da 22.ª jornada na Divisão de Elite da Associação de Futebol de Évora:
Juventude Évora 2-0 Alcaçovense, Redondense 1-1 At. Reguengos, Lavre 2-1 Arraiolense, U. Montemor 1-2 GDR Canaviais, Oriolenses 2-1 Escouralense, Monte Trigo 2-2 Perolivense, Lusit. Évora 1-2 Estrela Vendas Novas.

Share on FacebookTweet about this on Twitter