Futebol: União vence em Arraiolos de forma tranquila

soccer-ball-field-sky-background-green-bright-41203160Realizou-se este domingo, 2 de abril de 2017, a 21.ª jornada na Divisão de Elite da Associação de Futebol de Évora.
O Grupo União Sport deslocou-se ao Estádio Municipal Cunha Rivara, em Arraiolos, terreno do último classificado, o Lusitano Arraiolense.
A primeira parte foi de ascendente único por parte do GUS, onde o Arraiolense demonstrou as suas fragilidades. A partida não poderia começar de melhor forma para a formação Montemorense, já que na primeira ocasião do jogo, aos 5 minutos, o capitão Jorge Roque, na marcação de um livre, concretizou de forma superior o primeiro da partida, com um grande golo a abrir o ativo. O Arraiolense, aos 20 minutos, teve oportunidade de empatar, por Semedo, após o guarda-redes Nuno Brás não conseguir efetuar a interceção de uma bola cruzada por Paulo Parreira. Depois houve ainda mais oportunidades do GUS ampliar a vantagem, duas delas por Chiola, com o jovem jogador do GUS (junior de 1.º ano) a não conseguir ser feliz. A outra oportunidade pertenceu a Pedro Catarro. No Arraiolense, sinal mais foi para Fábinho que levou perigo à baliza à guarda de Nuno Brás, contudo, não foram muitas as ocasiões em que a bola chegou ao jogador do Arraiolense. Aos 44 minutos, o defesa central André Capucho, na sequência de um canto, cabeceou para o 0-2, resultado com que se encerrou a primeira parte.
A primeira grande oportunidade da 2.ª parte pertenceu ao Arraiolense, com Xaras a descobrir Fábinho, mas Nuno Brás a conseguir tapar os caminhos da sua baliza. O Arraiolense, aos 61 minutos, arrisca e faz dupla substituição, saindo Xaras e Semedo, por Gonçalo e Béu. Deste modo, o Arraiolense cresceu no jogo e meteu muita gente na frente de ataque. Mas seria o GUS a marcar o 0-3, aos 71 minutos, através de Fábio Capela, em mais um grande golo, com o extremo a trabalhar bem e com o seu pior pé colocou a bola no ângulo superior. Logo de seguida, Cipriano Madeira efetuou a primeira substituição do GUS, com Nuno Silva a render Chiola. Aos 78 minutos o Lusitano Arraiolense esgota as substituições. Também o GUS fez entrar, aos 79 minutos, Cláudio Peixe por Rui Pereira e, aos 86 minutos, Luís Peixe também entraria em jogo. Antes, aos 85 minutos, Paulo Pinheiro, com alguma felicidade, fez o 4.º golo da tarde. O União ainda iria chegar ao 5.º tento, com o ponta de lança Nuno Silva a regressar aos golos ao minuto 89. O jogo estava decidido e o resultado já não se alterou até ao final do encontro.

Em síntese, o GUS fez por merecer esta vitória, diga-se fácil e tranquila, tendo tido um caudal ofensivo grande. Diga-se também que o Arraiolense, apesar das suas dificuldades, fez por merecer o seu golo de honra.

Resultados finais da 21.ª jornada na Divisão de Elite: Alcaçovense 1-0 Lavre, Redondense 0-1 Juventude Évora, Arraiolense 0-5 U. Montemor, Canaviais 2-1 Monte Trigo, Lusit. Évora 2-0 Escouralense, Perolivense 0-2 Oriolenses, At. Reguengos 4-0 Estrela Vendas Novas.

Share on FacebookTweet about this on Twitter